More

    Mau momento do varejo é agravado por queda histórica do Ibovespa

    spot_imgspot_img

    Índice exclusivo do Grupo Nhm, INVA mostra que apenas 6 das 27 empresas do varejo listadas na bolsa iniciaram 2024 com variação positiva

    Já ouviu falar no termo ‘aspirador de liquidez’? Pois é, ele se refere ao fato dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos desitratarem outras bolsas globais nos momentos em que os juros do país fazem de sua reda fixa um dos investimentos mais atrativos do mundo pela soma de segurança e lucratividade.

    Foi este cenário, dentre outros fatores – como a crise no mercado imobiliário chinês, que esteve no centro da maior queda do Ibovespa em um mês de janeiro desde o ano de 2016.

    A despencada de 4,79% do índice da bolsa brasileira não apenas foi refletida nas ações de outros setores do país, como, sobretudo, agravou o mau momento daqueles que já enfrentavam dificuldades, caso do varejo que, nessa esteira, enfrentou uma baixa de 7,84% de acordo com o INVA, métrica exclusiva do Grupo Nhm.

    Das 27 empresas monitoradas pelo nosso núcleo de pesquisa, apenas seis conseguiram resultados positivos no período. Dentre elas se destacaram o Grupo Sbf (+12,62%), Mercado Livre (+ 8,34%) e o Grupo Soma (+6,31%).

    Já dentre as empresas que mais sofreram com o momento turbulento, é preciso fazer uma ressalva referente às Casas Bahia que – diante da queda vertiginosa experimentada ao longo de todo 2023 – recorreu ao chamado grupamento na tentativa de evitar se tornar uma penny stock (ação cotada a menos de R$ 1,00) e, por conta disso, ser excluída do Ibovespa.

    Outra empresa cuja queda deve ser contextualizada é a Raiadrogasil, já que exemplifica que – outrora imune ao mau momento do varejo brasileiro – o setor de ‘Farmácias’ também começa a sentir seus impactos agudos.

    O INVA

    INVA é o índice criado pelo grupo Nhm para medir movimentações nas ações do segmento varejista listadas em Bolsa. Sua ideia é proporcionar uma leitura sobre o desempenho das operações relacionadas ao varejo que abriram capital e usam o pregão do Ibovespa para conquistar investidores e alavancarem seus negócios.

    A metodologia do estudo reúne as movimentações diárias dos índices de fechamento de cada ação para criar uma média, o INVA – número médio medido entre a variação das 26 empresas selecionadas, que é comparado com o índice do Ibovespa gerando gráficos para a checagem do comportamento do varejo em relação à movimentação do mercado em geral, regulando os índices de forma a perceber variações em tempo real.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar