More

    João Appolinário elenca quatro habilidades de liderança que estão bombando no mercado em 2023

    spot_imgspot_img

    O presidente e fundador da Polishop listou as competências mais valorizadas para a liderança no mercado dos negócios e explica como colocá-las em prática no dia a dia

    Arte de motivar, inspirar e comandar em prol de um propósito, a liderança é uma das qualidades mais almejadas no mercado de trabalho, sendo foco de pesquisas e estratégias sobre sua natureza e exercício. Dada a importância perante o cargo, a posição exige trabalho, maturidade, esforço e sabedoria para lidar com as cobranças e obrigações, ao mesmo tempo em que os resultados positivos são conquistados. “Muitas vezes, as pessoas não pedem demissão do trabalho ou da empresa, mas, sim, do líder que elas têm. Dessa forma, ser um líder admirável e que seja um exemplo para os liderados é o grande diferencial de uma boa gestão, para que ela seja positiva e eficaz não só para os resultados da organização, como também, para a equipe”, comenta João Appolinário, presidente e fundador da Polishop, marca que é referência no varejo brasileiro e mundial.

    Grandes cargos exigem grandes responsabilidades e, sendo assim, para lidar com as pressões e cobranças da posição, é exigido do líder que ele detenha de uma inteligência emocional, para que seja capaz de honrar com o compromisso, a obrigação e o comprometimento da operação como um todo de forma positiva e eficaz para com o objetivo da empresa. “A responsabilidade exigida na liderança é uma das propriedades mais importantes desta posição, uma vez que toda e qualquer decisão do líder impacta no presente e no futuro da operação, bem como na qualidade da gestão e nos empregos de seus colaboradores. O líder que possui inteligência emocional é capaz de conduzir a equipe de maneira eficiente, visto que, em situações estressantes, tal habilidade é essencial para avaliar os fatos e alcançar soluções eficientes”, ressalta o tubarão do programa Shark Tank Brasil.

    João Appolinário é presidente e fundador da POLISHOP

    Para quem busca desenvolver e aprimorar habilidades de liderança, João Appolinário elenca, a seguir, quatro poderosas competências que são valorizadas e destacadas no mercado de trabalho em 2023. Confira:

    1. Visão e timing

    “Visão é você se antecipar ao futuro e ter uma capacidade de ver além. Hoje, no mundo dos negócios, quanto mais visão você tem, maior a possibilidade de você sair na frente em relação à estratégia, implementação de inovações ou, até mesmo, abrir um novo produto ou mercado”, comenta o fundador da Polishop. De acordo com João, além da visão, um bom líder também precisa estar conectado com o timing do mercado e da empresa, já que cabe à ele as decisões e resoluções que impactam o ambiente interno e externo da organização. “Seja para promover ou desligar um profissional, abordar um assunto importante com a equipe e, até mesmo, antecipar tendências ou crises internas e externas, o líder precisa ter uma visão macro e micro do ambiente, a fim de não ficar para trás no mercado, bem como não tomar uma decisão precipitadas que afetem um profissional e/ou a empresa como um todo”, explica.

    2. Gestão humanizada

    Já foi comprovado que o clima organizacional da empresa afeta e interfere não só na qualidade do trabalho de cada profissional, mas, principalmente, nos resultados e na imagem da empresa no mercado. Segundo Appolinário, cabe ao líder promover uma gestão humanizada para com seus colaboradores, com o propósito de valorizar, motivar e compreender as reais necessidades e os pontos fortes e fracos da equipe para, assim, determinar estratégias condizentes com o objetivo da empresa. “Tendo em vista que são os colaboradores que geram os resultados, é fundamental valorizar e compreender quais são as demandas e reais necessidades deles, além de saber que sozinho você não chega em lugar nenhum. Então, para você conseguir crescer de forma consistente, é importante ter uma gestão de equipe eficaz. Isso significa liderar para baixo, para os lados e para cima e, por isso, é essencial que se tenha uma boa relação com seus colaboradores”, sugere.

    3. Dedicação

    Segundo o tubarão do Shark Tank Brasil, é fundamental que a liderança esteja presente no dia a dia organizacional, para estar conectado e a par de tudo o que acontece dentro da empresa. “Liderança tem a ver com dedicação, ou seja, você se dedicar para realizar aquilo que deseja na sua empresa. Por isso, sempre procuro andar pelos departamentos da minha empresa, estou sempre presente e conversando com pessoas de diferentes áreas. Também sempre busco realizar um café da manhã com algumas equipes, passando por todas as áreas da empresa. Isso faz com que seja possível abrir a comunicação e o diálogo para que eles possam trazer a visão e opinião deles e, assim, compreender as reais necessidades da equipe e das operações”, conta.

    4. Assertividade e objetividade

    Como última habilidade, o fundador da Polishop elenca a assertividade como fator importante para uma boa liderança. Segundo ele, com tantas demandas e processos, é comum que as ações e estratégias possam ser perdidas e/ou deixadas de lado ao longo das etapas produtivas e, por isso, a assertividade e objetividade fazem com que a equipe tenha, sempre em mente, quais são os objetivos e metas da organização. “Não dá e nem há tempo para filosofar no mundo corporativo. Então, se você sabe qual é a sua visão de futuro e o planejamento estratégico necessário, além da meta que deseja alcançar, é preciso estar alinhado, de forma clara e objetiva, com toda a equipe”, finaliza.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar