More

    Para 73% dos lojistas, marketplaces serão fonte principal de vendas na Black Friday

    spot_imgspot_img

    Estudo do Olist mostra também que as empresas estão investindo mais em tecnologia para ter sucesso nas vendas – o uso de ERP, por exemplo, teve aumento de 62,4% em relação a 2022

    O “Relatório Black Friday 2023 – tendências de compra e venda para a data”, realizado pelo Olist, ecossistema líder em soluções de e-commerce para PMEs, registrou que 73% dos lojistas estão apostando nos marketplaces para potencializar suas vendas e otimizar seu faturamento – mais do que em vendas realizadas via loja virtual própria, que simbolizam 41,7% dos respondentes, seguidos por 29,2% que pensam em investir em redes sociais e 20,6% em suas lojas físicas. Por isso, a escolha dos canais de venda pode trazer um grande diferencial para os resultados esperados para a data. 

    “A expectativa para a Black Friday é altíssima entre consumidores. Por isso, se destacar em um período tão concorrido exige que as marcas invistam em experiências de compra memoráveis do início ao fim. Seja em marketplaces, e-commerce ou loja física, a estratégia para a campanha deve ter os clientes – suas necessidades – no centro.” disse Sandra Montes, CMO do Olist. 

    A segunda edição da pesquisa também identificou que cada vez mais os lojistas enxergam a tecnologia como aliada na gestão de seus negócios. O investimento em plataformas de e-commerce é cada vez maior entre quem quer vender mais. No último ano, 34,4% deste público afirmava ter site próprio, já em 2023, o número subiu para 66,3% – crescimento de 92,7%. Esta alta também foi vista nas demais soluções – o uso de ERP cresceu 62,4%, PDV (ponto de venda) teve alta de 290% e hub de integração aumentou 215%. 

    “As empresas estão usando cada vez mais a tecnologia a favor dos negócios e isso traz muitas vantagens competitivas – gera eficiência, alta performance e economia de tempo e dinheiro. Estas ferramentas e sistemas que se destacaram no estudo – e-commerce, ERP e hub de integração -, eliminam obstáculos e aceleram resultados de todos os empreendedores e empreendedoras que buscam o seu espaço na internet. ”, destaca Alexander Clein, diretor comercial do Olist. 

    Além de garantir que suas oportunidades de vendas sejam potencializadas, os lojistas sinalizaram que também se preocupam com os problemas que as vendas online podem ter – 12,9% temem sofrer com atrasos na entrega dos seus produtos, enquanto 6,7% se preocupam com as reclamações no pós-venda. Elementos estes que se relacionam diretamente com a experiência de compra dos usuários nos marketplaces. 

    O Relatório Black Friday 2023 ainda aponta que os consumidores brasileiros estão planejando abrir a carteira na Black Friday deste ano. Quase 50% do público pretende gastar mais de R$500 na campanha, enquanto só 28,5% deve gastar abaixo desse valor. Isso indica o interesse do público em investir em produtos de maior ticket médio, como por exemplo eletrodomésticos e eletrônicos.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar