More

    No Dia dos Pais, o desejo é ganhar eletrônicos, mas filhos pretendem dar roupas, aponta pesquisa do Google

    spot_imgspot_img

    Pesquisa do Google mostra ainda que preferência por compras em lojas físicas está em alta em comparação ao ano passado

    Pesquisa inédita do Google aponta as diferenças entre as expectativas dos pais e as pretensões de compras de filhos e companheiros para o Dia dos Pais. Enquanto a maioria dos pais (52%) gostaria de ganhar produtos eletrônicos (celulares, TV, notebooks e caixas de som), apenas 22% devem receber. O levantamento foi baseado em entrevista com 1.000 brasileiros com acesso à internet e que pretendem comprar ou já compraram presentes de Dia do Pais neste ano. As sondagens foram feitas de 26 a 28 de junho. 

    Além dos eletrônicos, a lista de desejos é completada por itens de moda (22%), eletrodomésticos ou eletroportáteis (17%), bebidas, cestas ou experiências (14%), itens para casa (14%) e produtos de beleza e perfumaria (13%). 

    Segundo a pesquisa, os compradores se manterão na compra de categorias tradicionais, como moda (43%) e beleza e perfumaria (27%), seguidos por eletrônicos (22%), bebidas, cestas ou experiências (15%), eletrodomésticos ou eletroportáteis (10%) e itens para casa (7%). 

    Esse contraste pode ser explicado por outro dado presente na pesquisa, que demonstra as dificuldades que os compradores têm na hora de escolher presentes para o Dia dos Pais:

    • 26% – Saber o que a pessoa gostaria de ganhar
    • 21% – Encontrar algo no valor que estou disposto a gastar
    • 19% – Inovar e escolher presentes diferentes a cada ano
    • 17% – Pensar em presentes criativos
    • 12% – Saber como escolher os detalhes

    Como reflexo dos desafios de se presentear no dia dos pais, 28% vão pedir ajuda de outra pessoa para escolher e comprar o presente de Dia dos Pais. 

    “A partir desta nova pesquisa, é possível perceber que conectar os desejos dos pais com os compradores pode ser uma oportunidade para ampliar e inovar nas categorias compradas na data e ainda diminuir a dificuldade na escolha do presente. É uma relação vantajosa para todos os envolvidos e que pode, inclusive, facilitar as escolhas dos presentes nas próximas datas” diz Antonella Weyler, especialista de insights para o segmento de Varejo do Google Brasil.  

    Compradores voltam às lojas físicas para encontrar presentes 

    A preferência dos consumidores pela compra de presentes para o Dia dos Pais em lojas físicas é uma realidade. De acordo com a pesquisa do Google, 40% dos compradores recorrerão a elas para encontrar o presente perfeito para a data, subindo 8 pontos percentuais em comparação ao ano passado.

    Além do presencial, se destacam os sites (22%) e apps (21%) das lojas, seguidos por redes sociais (13%), apps de entrega ou delivery (12%) e apps de mensagens ou telefone (11%). 

    As lojas físicas são destino não apenas para a compra dos presentes, mas também para o processo de busca por informações, como ideias, preços, descrições e avaliações para 29% dos entrevistados. Porém, as plataformas digitais são as mais relevantes nesse momento, já que na busca do presente ideal, a pesquisa indicou que 30% dos compradores procurará no Google, 23% em sites ou apps de lojas, 18% em redes sociais e 13% por vídeos no YouTube.
    Na hora de escolher a loja para comprar o presente, os critérios mais importantes, segundo a pesquisa, serão:

    • 34% – Preços/descontos/cupons/promoções
    • 30% – Bom atendimento
    • 22% – Custo da entrega/Frete grátis
    • 19% – Variedade/qualidade dos produtos
    • 19% – Tempo de entrega/Entrega rápida
    • 13% – Condições de troca/adiamento/cancelamento

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar