More

    Loja Virtual: executivo lista 5 vantagens para o negócio

    spot_imgspot_img

    Jackson Araújo, COO da Showkase, plataforma inovadora de Social Commerce, preparou uma lista com cinco vantagens para quem cogita levar sua loja para o âmbito virtual

    Ser empreendedor é uma profissão cheia de emoções, com altos, baixos e recompensas. Por isso, quando falamos dos lojistas empreendedores, não poderia ser diferente. E, com a mudança nos hábitos de consumo, vender no digital tornou-se mais acessível e fundamental. Afinal, a partir de ferramentas, estratégias e ações corretas, os lojistas conquistaram mais sucesso e, consequentemente, se destacaram nas vendas.

    Segundo a pesquisa “Perfil do E-Commerce Brasileiro”, feita pela BigDataCorp, em parceria com o PayPal, especializado em pagamentos eletrônicos, a quantidade total de lojas online somente no Brasil bateu recorde em 2022, chegando a 1,6 milhão, representando assim um aumento de 6,19% em relação ao ano anterior.

    Pensando nisso, Jackson Araújo, COO da Showkase, plataforma inovadora de Social Commerce que vem auxiliando PMEs, grandes players do mercado nacional e franquias a transformarem seus vendedores em consultores, preparou uma lista com cinco vantagens para quem está cogitando levar sua loja para o âmbito virtual. Confira:

    Mais econômico – Todo empreendedor que embarca sua loja para o mundo online, percebe que o lucro aumenta disparadamente. Quando existiam apenas lojas físicas, era necessário gastar um alto valor com aluguel, contas de água e de energia, salário dos funcionários etc. Mas, ao partir para o digital, o lojista consegue economizar mais com a quantidade de funcionários, contas essenciais e investir em processos mais simples, eficientes e baratos.

    Menos burocracia – Ter uma loja física requer total atenção com controle de estoque, pagamentos, vendas, compras, fornecedores, entre outros desafios, que são muitas das vezes burocráticos e precisam ser resolvidos pelo empreendedor. Mas, quando você decide transformar sua loja em um comércio digital, é essencial contratar uma plataforma de e-commerce, ou seja, um sistema que permitirá a criação da loja virtual da sua marca e, consequentemente, geri-la nas suas mais diversas funcionalidades. Isso vai desde a inclusão, remoção e atualização de dados sobre produtos, gerenciamento de estoque e tudo o que envolve a manutenção do negócio no meio digital.

    Não tem hora para fechar – Toda loja física possui um horário de abertura e de fechamento por diversos aspectos, como a própria economia, já que uma loja muito tempo aberta acumula gastos com energia elétrica e com funcionários, seja pela quantidade ou por hora extra. Se for uma loja de shopping, por exemplo, existem regras de horário para funcionamento e, caso seja uma loja de rua, há os riscos de segurança por funcionar até muito tarde. Nesse sentido, quando falamos do ambiente digital, o negócio poderá funcionar 24 horas por dia com mais segurança e menos gastos.

    Não precisa de uma grande estrutura – Muitos empreendedores acabam investindo em uma loja enorme para caber uma quantidade maior de produtos em exposição e até para manter um grande estoque. Além disso, investir em decorações atrativas e até em uma localização que chame a atenção, demanda tempo e dinheiro. Já no âmbito virtual, as lojas físicas não precisam de uma grande estrutura, apenas o essencial para continuar fidelizando seus clientes que preferem comprar pessoalmente.
    Não precisa de limites geográficos – Quando uma loja não está na internet, ela consegue atender apenas seus visitantes presenciais, aqueles clientes que entram no espaço físico para comprar determinado produto. A partir do momento em que se torna uma loja virtual, o envio se expande para todo o Brasil e o mundo, ultrapassando os limites geográficos que um pequeno lojista teria antes da digitalização.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar