More

    Fintechzação do varejo: executivo elenca as principais vantagens de aderir a esse modelo de negócio

    spot_imgspot_img

    Estratégia permite que empresas do varejo ofereçam serviços financeiros com mais facilidade, contribuindo para a jornada positiva do cliente

    Com a grande e constante revolução digital pela qual o comércio tem passado, vem também um novo comportamento dos consumidores: um perfil mais exigente, que busca experiências únicas e personalizadas, além de otimização de tempo. O cenário exige uma adaptação por parte dos varejistas, que hoje oferecem jornadas de compra mais eficazes nos seus canais de venda, mais possibilidades de pagamento e experiências omnichannel, com objetivo de trazer serviços acessíveis e ágeis ao cliente.

    Dentro dessa nova realidade, chega a tendência da fintechzação do varejo – movimento conhecido por Fintail -, propondo que qualquer loja física ou e-commerce possa oferecer serviços bancários aos seus clientes e economizar etapas na experiência do usuário. A estratégia se baseia no modelo embbeded finance que consiste em trazer múltiplas soluções tecnológicas com foco em desenvolver produtos financeiros para qualquer negócio digital. Consiste em trazer a etapa de pagamento para a própria plataforma da empresa, ofertar crédito, produtos bancários, seja por Banking as a Service (BaaS), criação de conta digital própria, cashback, programas de fidelidade e de recompensa, iniciadores de pagamento, entre outras soluções.

    “Trata-se de um novo modelo de negócios, já adotado por grandes empresas como Carrefour, Magazine Luiza, VIA e B2W, por exemplo, que possui um banco próprio. Oferecer esses serviços dentro da plataforma da loja, sem que o cliente precise visitar o site de outro banco para pagar por suas compras, por exemplo, agiliza os processos e pode garantir a economia de tempo que o consumidor tanto deseja”, pontua Felipe Correia, Head de Solution Finance — OpenX & Fin Services da FCamara, ecossistema de tecnologia e inovação que potencializa o futuro de negócios integrando visão estratégica com execução inteligente. 

    A fintechzação do varejo já é uma realidade. Pensando nisso, o executivo elencou as principais vantagens de aderir a estratégia Fintail dentro do seu e-commerce. Confira:

    Melhora a relação com o consumidor e fideliza clientes

    Um banco próprio de um determinado estabelecimento, por exemplo, tende a trazer segurança nos processos de compra do consumidor, o que consequentemente, melhora a experiência e gera fidelização com benefícios pós-compra como cashback. As fintechs são fundamentais para ajudar nesse processo, pois contribuem diretamente com a infraestrutura de serviços financeiros necessária para desenvolver projetos. 

    Facilidade com pagamento

    Quando falamos de fintech, estamos olhando para um ecossistema de pagamentos móveis e digitais, bancos digitais, crédito, negociação de dívidas, democratização de investimentos, melhoria na experiência de compra e redução de riscos e custos. O iniciador de pagamentos, por exemplo, se apresenta como a evolução dos pagamentos digitais dentro de uma fintech. O serviço foi introduzido na terceira fase do Open Banking e possibilita fazer um Pix a partir de qualquer plataforma online. 

    “O consumidor não precisa entrar no aplicativo dos bancos para realizar a transação. O iniciador reduz de 10 para até 4 passos o checkout via Pix no e-commerce, e pode ser integrado às grandes plataformas para facilitar as transações e a jornada do cliente”, explica Correia. 

    Linhas de receitas

    As fintechs estão presentes em todos os segmentos de serviços financeiros, como pagamentos, investimentos, crédito, educação financeira, recuperação de receita, seguros, criptoativos, segurança cibernética, bancos digitais, crowdfunding etc. Isso significa um portfólio amplo, que atende às mais distintas necessidades dos clientes, e oferece às empresas maior competitividade para sobreviver ao mercado cada vez mais disputado. Com esse auxílio, o varejista consegue manter o foco no seu negócio, deixando a complexidade dos processos financeiros e suas regulações com quem já tem experiência. 

    “Na FCamara, nosso maior foco é o retail, então nos posicionamos como esse provedor de serviços financeiros. Temos uma frente de negócio especializada e focada em ofertas, soluções e serviços financeiros, com forte posicionamento no Open Finance, além de sermos pioneiros no iniciador de pagamentos. Estamos cada vez mais focados em levar a fintechzação para os diversos segmentos de mercado”, conclui Felipe.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar