More

    Dia do Cliente: pedidos omnichannel crescem 39% e preferência por marketplaces continua em alta

    spot_imgspot_img

    Modalidade showrooming também mostra força impulsionando o crescimento de 379% no número de pedidos

    Na última quinta-feira, 15 de setembro, o Dia do Cliente foi comemorado no Brasil, aquecendo as vendas no varejo com descontos e promoções diferenciadas. O formato omnichannel, que combina canais digitais e lojas físicas, se destacou entre as vendas da data. E esse não foi um evento isolado. O comportamento multicanal está em uma crescente, principalmente nos últimos dois anos e meio devido à pandemia, que acelerou a digitalização de maneira geral.

    Em comparação com 2021, a receita das vendas via marketplace cresceu 40,4% e o número de pedidos omni, caracterizados por mesclar múltiplos canais de venda, origens de estoque e pontos de retirada ou entrega ao consumidor, alternando entre o físico e o digital, avançou 39%. O ticket médio das compras omni deu um salto de 34%, chegando ao valor de R$226,79. No ano passado esse valor era R$169,03, demonstrando que os brasileiros optaram por gastar mais nesse Dia do Cliente. Os dados são da Linx, empresa líder e especialista em tecnologia para o varejo que detém 45,6% de market share do setor.

    Como já apontado em levantamento da Linx sobre o último Dia dos Pais, modalidades como o showrooming (prateleira infinita), onde os vendedores das lojas podem oferecer não só os produtos e o estoque limitado da loja, mas sim o de toda a rede, possibilitando que o consumidor receba o produto em casa ou que retire em uma loja da rede em outro momento, seguem chamando mais atenção dos compradores nesse Dia do Cliente. O número de pedidos dessa categoria avançou 379%, o que demonstra a força das vendas omnichannel.

    Esse Dia do Cliente foi um termômetro valioso para grandes datas que teremos no varejo neste semestre: Dia das Crianças, e, principalmente, a Black Friday. Os varejistas podem observar, a partir desses dados, o que está sendo priorizado pelos clientes e se planejar melhor para os meses e as ocasiões que virão a seguir. Essa data foi mais uma afirmação de como o omnichannel já faz parte do cotidiano da população, que já consome on e offline de forma combinada e natural. Além disso, ao longo de 2022, os marketplaces se mantiveram fortes nos resultados, o que também comprova que os shoppings virtuais continuarão como canal digital preferido dos consumidores, comenta Ricardo Gonçalves, diretor de omnichannel da vertical de Digital da Linx.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar