More

    Sondagem aponta problemas de segurança públicacomo principal desafio do comércio local

    spot_imgspot_img

    Consulta liderada pelo Sincomercio de Araraquara, em parceria com a FecomercioSP, pretende conhecer as dificuldades dos empresários do comércio do município

    Uma sondagem realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista de Araraquaraem parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com as empresas do varejo da cidade revelou que, no âmbito municipal, o maior desafio dos empresários do setor está relacionado a problemas com segurança pública (41,5%). A segunda resposta mais frequente foi a falta de conservação e zeladoria da cidade (36,05%) — por exemplo, ruas sujas e excesso de moradores de rua em situação de vulnerabilidade.
     
    O levantamento aconteceu entre os meses de setembro e outubro de 2023, período em que foram ouvidos 147 representantes empresariais, distribuídos por sete corredores comerciais de Araraquara e um de Américo Brasiliense. Do total de entrevistados, 94% são proprietários ou gerentes dos estabelecimentos, 80% das empresas contam com até cinco funcionários e 62,5% estão em funcionamento há mais de cinco anos.
     
    O Sincomercio de Araraquara e a FecomercioSP realizaram essa sondagem para obter um diagnóstico das principais dificuldades enfrentadas pelos comerciantes varejistas locais, com objetivo de buscar soluções por meio de medidas de representação com Poder Público, órgãos ou entidades competentes, visando à melhoria do ambiente de negócios das empresas do setor. Ao serem questionados sobre as esferas estadual e federal, 58,5% dos entrevistados apontaram a carga tributária excessiva como o maior desafio. A falta de incentivos fiscais e benefícios para as empresas foi o segundo problema mais citado (29,93%).
     
    A sondagem também perguntou aos entrevistados sobre as maiores dificuldades enfrentadas na gestão da empresa. As respostas mais apontadas foram gestão de compromissos tributários (25,17%) e gestão de redes sociais, e-commerce e digitalização empresarial (25,17%).

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar