More

    Os dados do consumidor ajudam no sucesso do negócio

    spot_imgspot_img

    Dados do consumidor foram alguns dos principais destaques da NRF 2023. Confira o que o CEO da IZIO&Co, Rodrigo Ribeiro, tem a dizer sobre o tema

    Uma pesquisa feita pelo Mercado Livre e Mercado Pago, em parceria com o Instituto Ipsos, aponta que 78% dos brasileiros pretendiam gastar mais durante a Black Friday, de 2022. Para a Copa do Mundo, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) esperou um crescimento de 7,9% no faturamento do varejo em relação a 2014, ano em que o Brasil foi sede do evento.

    Mas como usar essas projeções positivas em favor da empresa para aumentar as vendas? Um caminho sem volta é usar os dados dos consumidores para identificar padrões de interesses e compras. Lembrando, que antes de usar esses dados, precisa seguir as regras da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), uma vez que o cliente deve ter clareza e aceitar compartilhar seus dados. 

    É essencial que as marcas entendam o seu consumidor e o trate de forma especial. Ao identificar os hábitos de consumo, qual a frequência que ele entra na sua loja (física ou digital) e como ele se comporta, permite maior assertividade na entrega de promoções, produtos e  serviços. 

    Um uso prático de uso de dados de comportamento de consumidor é identificar grupos de consumidores com comportamentos semelhantes para direcionar ofertas. Por exemplo, separar os clientes que tipicamente fazem compras de “churrasco” e oferecer itens associados a esse evento, como facas, queijos e bebidas. Assim, você evita oferecer esses itens para pessoas que não tem hábitos de consumo de churrasco e com certeza criar uma relação positiva com o consumidor oferecendo o que ele efetivamente tem interesse.

    Ao agregar as informações de comportamento dos consumidores, também é possível identificar movimentações do seu negócio. Permitindo uma ampla possibilidade de análises que mudam a forma gerenciar seu negócio. Você pode prever dias com maiores e menores atividades, ajustar sortimentos, antecipar datas com um menor fluxo e criar campanhas de incentivo para públicos direcionados (como aqueles que não aparecem para comprar em sua loja nos últimos 45 dias).

    Outro ponto fundamental é trabalhar para atrair novos clientes. Por isso, é primordial entender como o consumidor está se comportando, por onde ele anda surfando e quais as suas maiores dores. Através de mapas de calor, é possível identificar onde os consumidores residem e identificar as áreas onde há grande potencial de atendimento. 

    Enfim, as possibilidades de gerar ações efetivas são inúmeras, mas para elas acontecerem é fundamental obter os dados dos consumidores. 

    Já começou a fazer isso? 

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar