More

    Novo boca a boca do varejo: as principais vantagens do social commerce

    spot_imgspot_img

    Diante da ascensão do varejo eletrônico na pandemia, o conceito de social commerce ganha escala com o objetivo de alavancar as vendas e conquistar novos clientes. Afinal, com a popularidade das redes sociais, é cada vez mais difícil encontrar alguém que não tenha se rendido ao Instagram, Facebook, Tik Tok e Pinterest, por exemplo. 

    De acordo com um levantamento do site We Are Social, em parceria com a Hootsuite, o brasileiro passa, em média, 3 horas e 31 minutos por dia nas redes sociais. Por ser um tempo considerável, as marcas buscam diariamente se reinventar para criar conteúdos relevantes, capazes de disputarem alguns desses segundos.

    Estar em contato direto com o cliente é uma das principais vantagens do social commerce, ainda mais quando as redes sociais são altamente influentes nas decisões de compra. Fato é que a conectividade social é o novo boca a boca do varejo e a principal responsável por conquistar a maior parte do público do e-commerce: mais da metade da receita do comércio eletrônico vem por meio dessas plataformas e 80% dos varejistas, consequentemente, utilizam as redes sociais para alavancar suas vendas, segundo um estudo da International Data Corporation (IDC).

    “O comércio eletrônico está em uma crescente constante desde o início da pandemia, ao passo que as pessoas perderam o medo das compras onlines e, aos poucos, passaram a utilizar as ferramentas digitais para adquirir produtos em supermercados, farmácias, roupas, calçados, cursos e tantas outras categorias”, explica Jackson Araújo, COO da Showkase, plataforma de Social Commerce que vem auxiliando PMEs, grandes players do mercado nacional e franquias a transformarem seus vendedores em consultores. 

    O executivo listou algumas vantagens do social commerce para alavancar as vendas e alcançar novos clientes:

    1) Facilidade de realizar vendas através das plataformas

    As redes sociais estão se expandindo para trazer multifuncionalidades e oferecer mais serviços. A exemplo do TikTok, que oferece aos profissionais de marketing, ferramentas de compras que incluem links para compras ao vivo e galerias de produtos em anúncios, o Instagram, quarta maior rede social do mundo, lançou a função de Instagram Shop em 2021, possibilitando inúmeras ferramentas de anúncio e facilitando a experiência dos usuários, uma vez que eles podem pesquisar, obter informações do produto e até mesmo são direcionados para a compra. “O atual consumidor quer agilidade, praticidade e segurança. Integrar as redes sociais à sua loja virtual, transforma os seguidores em consumidores”, complementa Jackson. 

    2) Ter um canal de comunicação com maior proximidade dos seus clientes 

    Os canais de comunicação são peças fundamentais para o posicionamento de uma empresa no mercado, principalmente na conquista de novos clientes. Além disso, os consumidores estão mais conectados do que nunca. Em poucos cliques, eles realizam suas compras, solicitam suporte, se necessário, e na palma da mão acessam opções infinitas de produtos e serviços. Uma jornada de compra omnichannel, por exemplo, integra todos os canais de comunicação on e offline e estreitam o relacionamento entre marca e consumidor.

    3) Capacidade de viralizar e alcançar novas pessoas Mais conhecido como marketing viral, viralizar positivamente nas redes é o sonho de qualquer marca. Esta divulgação espontânea de um conteúdo aproveita-se do potencial de compartilhamento dos canais digitais e rapidamente conquista novos clientes, que se tornam promotores e propagadores tanto do conteúdo, como da empresa. Viralizar traz mais do que visibilidade, entrega também benefícios diretos em vendas e receitas. “O social commerce, além de fortalecer a presença digital da marca, conquista a identificação e a confiança do cliente”, conclui Jackson.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar