More

    Quinta-feira pré-Black Friday registra mais de R$ 12 milhões em transações no e-commerce brasileiro

    spot_imgspot_img

    Segundo levantamento hora a hora da ClearSale, o período registrou um crescimento de 1,68% em fraudes em comparação à Black Friday do ano passado

    Nesta quinta-feira, 24, pré-Black Friday, foram registradas cerca de R$ 12 milhões em transações, via cartão de crédito, no e-commerce brasileiro. Já o total de pedidos teve uma queda de 2,30%, em relação ao período do ano anterior. Os dados são do monitoramento hora a hora da ClearSale, empresa referência em inteligência de dados com múltiplas soluções para prevenção a riscos, em parceria com a Confi Neotrust. Para o levantamento, as empresas consideraram as transações realizadas ontem (24), das 8h até às 12h, com base nos clientes.

    Segundo o levantamento hora a hora, as categorias que mais sofreram ações fraudulentas foram: Telefonia, eletrodoméstico, eletrônico, moda e acessório e móveis. Para o head de Estratégia de Mercado, Marcelo Queiroz, os dados mostram um impacto da extensão dos descontos: “As compras estão sendo antecipadas e isso causa impacto também nas fraudes, ainda mais considerando que a Black Friday não foi a data mais fraudada, pois as ofertas passaram a ter mais credibilidade”, comenta o especialista.

    De acordo com a Head de Inteligência Confi Neotrust, Paulina Dias, o momento é propício para compras: “Contamos com algumas considerações do início do mês de novembro, até o dia de hoje, que antecede a Black Friday. A primeira é que, de fato, é uma Black November. As compras foram antecipadas até mesmo desde outubro, em algumas categorias como TVs. A performance do e-commerce este mês está acima do ano passado, o que é ótimo pois no último trimestre, por exemplo, tivemos uma queda no faturamento de 10,5%, frente a 2021. A expectativa é que este mês feche com saldo positivo. Além disso, o ano de Copa é o momento de troca de TV, então os varejistas investem bastante em promoções. Outras categorias que também estão se destacando são os eletroportáteis, petshop e alimentos e bebidas – esta última, muito influenciada pela Copa, com produtos como biscoitos, snacks, whisky e cerveja.”, comenta a executiva.

    No ano de 2022, a ClearSale estima evitar mais de R$ 50 milhões em fraudes nesta Black Friday. Além disso, com o intuito de acompanhar os movimentos e ajudar empresas e consumidores, a empresa, em parceria com a Confi Neotrust, está monitorando, de hora em hora, as tentativas de fraudes e outros indicadores do varejo eletrônico brasileiro durante a Black Friday. Do dia 1 de novembro até o dia 17, às 23h59, os meios de pagamento mais utilizados no e-commerce foram: 60,21% cartão de crédito, 25,26% outros (e-wallet, cashback, débito, vales etc), 8,59% em boleto bancário e 5,95% para PIX.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar