More

    Ação do Grupo Carrefour Brasil se valoriza em meio a sinais de crise. Veja o panorama das empresas do varejo no INVA

    spot_imgspot_img

    No geral, empresas do varejo superaram desempenho do Ibovespa durante a segunda semana de 2024

    Lucas Torres

    [email protected]

    As empresas do varejo brasileiro listadas na Bolsa mostraram resiliência durante a segunda semana de 2024. Diferente do Ibovespa, que fechou o período com queda de 0,78%, as 27 empresas componentes do índice ‘INVA’ apresentaram uma alta média de 1,87%.

    Vale destacar o fato da alta ter sido puxada pelos papéis do Magazine Luiza, única empresa a crescer dois digítos no período. Outro destaque foi a valorização de 5,06% apresentada pelo Grupo Carrefour Brasil, a despeito da série de vendas e realocações realizadas por sua diretoria no âmbito dos ativos adquiros junto ao Grupo BIG (clique e saiba mais).

    Entre as empresas que tiveram queda expressiva no levantamento, destacamos as Lojas Marisa e a Americanas, que iniciam o novo calendário com a mesma instabilidade vivenciada ao longo de 2023.

    Confira o desempenho de cada uma das 27 empresas monitoradas pelo INVA

    O INVA é o índice criado pelo grupo Nhm para medir movimentações nas ações do segmento varejista listadas em Bolsa. Sua ideia é proporcionar uma leitura sobre o desempenho das operações relacionadas ao varejo que abriram capital e usam o pregão do Ibovespa para conquistar investidores e alavancarem seus negócios.

    A metodologia do estudo reúne as movimentações diárias dos índices de fechamento de cada ação para criar uma média, o INVA – número médio medido entre a variação das 26 empresas selecionadas, que é comparado com o índice do Ibovespa gerando gráficos para a checagem do comportamento do varejo em relação à movimentação do mercado em geral, regulando os índices de forma a perceber variações em tempo real.

    Recentes

    Quer receber mais conteúdos como esse?

    Você pode gostar