Veículos por assinatura: Kinto é aposta da Toyota

Após sete montadoras criaram serviços de aluguel por longos períodos: Audi, Caoa, Fiat, Jeep, Nissan, Renault e Volkswagen, a Toyota investe na Kinto. O modelo da empresa é um pouco diferente das demais: ainda não é possível alugar veículos por períodos superiores a três meses — ainda que a estratégia seja trazer esse serviço para o Brasil esteja nos planos da empresa — além do foco em veículos elétricos.

A solução de gestão de frotas é chamada de “Kinto One” e, hoje, já tem 268 contratos fechados no país, com nomes como Bradesco e Vale entre seus clientes — o executivo também afirma que a empresa está participando de concorrências no setor farmacêutico e no setor elétrico, ainda sem definição. 

Já para os consumidores, a solução disponível se chama “Kinto Share”. A empresa é a única empresa no Brasil a disponibilizar Corolla Cross para aluguel via aplicativo. O serviço está disponível em todo o país, com 40 estações em concessionárias Toyota nas capitais do país. O plano é chegar a 70 estações até o fim de 2021.

Os usuários desse serviço atendem a perfis variados, segundo a empresa. Há desde antigos clientes Toyota que alugam o carro quando necessário, pessoas que pensam em comprar um veículo da montadora e querem testá-lo por um período superior ao test-drive, consumidores que usam o carro para fazer viagens. Por meio do aplicativo da marca, é possível agendar a entrega de carros próximos a aeroportos — e, assim, combinar a chegada de um voo com o carro à disposição.