Pesquisa revela que, no Brasil, maioria ainda prefere viagens de carros

Pesquisa realizada pela HSR-Route Automotive, em nove regiões metropolitanas do País, mostra que 82,4% dos entrevistados utilizam o carro como principal meio de locomoção. Já 44,7%, usam táxi ou aplicativos. Ônibus é usado por 26,3% e apenas 27,4% dos entrevistados se deslocam a pé, apesar do home-office. O metrô, por sua vez, tem 18,2% de preferência.

“A mobilidade urbana ajuda a retratar e a entender a atualidade. E, no contexto atual, mostra que, quando possível, as pessoas procuram evitar as aglomerações dos transportes públicos não apenas pelo conforto, mas também por uma questão de saúde”, avalia o diretor da HSR-Route Automotive, Wladimir Molinari.

Com o avanço da vacinação e, consequentemente, o retorno à normalidade, o transporte público deve recuperar espaço: 32,1% dos entrevistados dizem que pretendem priorizar o ônibus ao fim da pandemia, e 22,2% devem optar pelo metrô.

A pesquisa ouviu 575 pessoas que possuem carros (52% homens e 48% mulheres) entre 18 e 45 anos.