O juiz

Olá, amigos! Dando continuidade às quatro personalidades do vendedor, neste artigo vamos falar do vendedor no papel de juiz.

Na primeira personalidade falamos do explorador, situação em que o vendedor procura todas as oportunidades do mercado. Naquele artigo, apreendemos que “Os caminhos que nos trouxeram até aqui não serão os mesmos que nos levarão daqui para frente”. Isso significa que temos que explorar outras áreas e entrar para valer no mundo digital, Facebook, Linkedin, Instagram, banco de dados, cadastros de clientes. Enfim, entender como as pessoas compram e tudo mais.

Na segunda personalidade falamos do artista, perfil em que você vendedor tem que transformar as informações em arte na hora de abordar e apresentar seus produtos aos clientes, entender que por mais que você tenha uma técnica de venda, esta técnica se transforma em arte nas mãos de que sabe utilizá-la.

Agora, na terceira personalidade do vendedor abordada por esta série de artigos, vamos falar deste profissional no papel de Juiz.

O juiz é aquele que toma decisão e, para tomar decisões, ele se baseia no fato que ocorreu, analisa os envolvidos, o momento e faz o julgamento.

Nós, vendedores, temos que fazer as mesmas coisas: entender o cliente, verificar suas necessidades, ter a certeza que o produto que estamos oferecendo atenderá as necessidades daquele consumidor e, por final, fechar as vendas.

Abaixo vamos destacar algumas perguntas que irão ajudar você a tomar decisões:

  • Quem, Como, O que, Onde, Quando, Por quê?
  • Quem além de você está envolvido com a compra?
  • Como você avalia nossa proposta?
  • O que precisa acontecer para você fechar o pedido?
  • Onde deverá ocorrer a entrega?
  • Quando você gostaria de receber o produto?
  • Por que você querer mudar de fornecedor?

Utilize sempre essas perguntas, assim você minimiza as possibilidades de erros no atendimento.

Outro caminho que te ajuda a tomar decisões é trabalhar com indicadores. Veja a seguir alguns exemplos:

  • Quantas vendas você faz por mês?
  • Quantos itens você vende para cada cliente?
  • Com quantos clientes você precisa falar para conseguir fechar uma venda?
  • Quantos clientes você tem cadastrado?
  • Para quantos clientes você vende?

Exercite todas estas questões, avalie e compare sempre o que está fazendo de bom e o que pode ser melhorado.

Boas vendas e até a próxima!