KPMG: varejo tem alta de fusões e aquisições no 3T20

O Brasil registrou 3 fusões e aquisições de empresas varejistas no 3T20, um aumento se comparado com o 2T20, quando nenhuma transação desse tipo foi realizada no setor. O segmento de shopping centers teve 2 transações assim no 3T20 (contra 1 no 2T20). No caso de supermercados, nenhuma transação ocorreu no 3T20, mas 2 foram realizadas no 2T20.

Os dados são de uma pesquisa exclusiva da KPMG sobre fusões e aquisições com 43 setores da economia brasileira. De acordo com o material, os setores com maior quantidade de transações desse tipo no 3T20 foram os seguintes: companhias de internet (116), tecnologia da informação (57) e instituições financeiras (25).

“No passado observamos fusões no setor que tinham por objetivo obter sinergias operacionais, ganhos de escala e aumento de market share. Nesta nova fase, estamos vendo empresas mais estruturadas do ponto de vista de governança e caixa, que buscam capacidades ou soluções complementares aos seus negócios atuais. Esta busca é mais cirúrgica, voltada para sustentabilidade e busca por maior rentabilidade, que ajude a empresa na execução de sua estratégia de longo prazo”, afirma Fernando Gambôa, sócio-líder de Consumo e Varejo da KPMG no Brasil.

Segundo a KPMG, o número total de fusões e aquisições de empresas realizadas no Brasil no 3T20 cresceu 53% comparado com o 2T20, um salto de 228 transações para 348, a melhor parcial deste ano.

Se comparada com os primeiros três meses de 2020, também existe um aumento de 22%, quando ocorreram 286 operações. No acumulado deste ano foram realizadas 862 fusões e aquisições, uma leve queda de 1,9%, comparado com o mesmo período de 2019, quando foram registradas 879 negociações.

No comparativo do terceiro trimestre de ano com o mesmo período do ano passado, a pesquisa mostra um leve aumento de 4%, quando aconteceram 348 e 336 operações respectivamente; confrontando com o mesmo período de 2017 houve um crescimento de 75% (199 transações), e de 2018 com aumento de 32% (263 operações).