Gol anuncia carros elétricos voadores para 2025

O Globo

A Gol pretende comprar ou arrendar 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL), conhecido como carro voador elétrico.. Assinou acordo via Grupo Comporte, que pertence ao acionista controlador da empresa aérea, com a Avalon, de leasing de aeronaves.

A previsão é iniciar as operações com uma malha desses equipamentos no Brasil em meados de 2025. São aeronaves do tipo VA-X4 eVTOL, criada pela britânica Vertical Aerospace, um dos modelos mais avançados em táxi aéreo da atualidade, segundo o comunicado.

A Vertical Aerospace é apoiada por empresas como a Avolon, Rolls-Royce e American Airlines.

No último dia 15 de setembro, a Gol anunciou ao mercado que vai receber um aporte de US$ 200 milhões da gigante americana American Airlines. As duas empresas, que já são parceiras, vão ampliar ainda o acordo de compartilhamento de voos.

Embraer, fabricante brasileira de aeronaves, e a Azul já haviam anunciado a entrada na corrida pelo ‘carro voador’.

Aumento da malha regional

O acordo também faz parte da estratégia da Gol de crescer no transporte aéreo regional, após a compra da MAP em junho último, que é opera no Norte do país e até São Paulo.

O VA-X4 pode transportar até quatro passageiros e um piloto, com alcance de 160 quilômetros a uma velocidade de 320km/h. As aeronaves têm decolagem e pouso vertical, produzindo até cem vezes menos ruído que um helicóptero quando em voo de cruzeiro.

Outra vantagem importante é que a aeronave emite zero carbono. A Gol afirma que, com mudanças na frota atual e a inclusão dos modelos eVTOL, vai cumprir sua meta de neutralidade de carbono até 2050.