Ford retoma fabricação de peças em Taubaté (SP) e Camaçari (BA)

Uol

A Ford retomou as atividades nas fábricas de Taubaté (SP) e Camaçari (BA) para dar início à produção de peças de reposição. A empresa anunciou o encerramento das atividades no Brasil em 11 de janeiro, incluindo a fábrica de Horizonte (CE), que até o momento não teve formalização sobre o retorno. Segundo o Sindmetau (Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região), o acordo de estabilidade de empregos, após reunião com o TRT (Tribunal Regional do Trabalho), foi firmado até 31 de dezembro de 2021. Já o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari diz que as negociações foram estendidas até o mês de maio.

Ficou estabelecido que a “Ford deve assegurar salários e benefícios aos empregados, sejam eles convocados ou não ao trabalho, até que as negociações com o Sindicato sejam concluídas. Outro ponto importante é a garantia de uma reunião com a direção mundial da montadora, com objetivo de tentar reverter a saída da empresa do Brasil”, explica o Sindmetau. Em Taubaté foram convocados 130 funcionários em um primeiro momento. Ao longo da semana até 330 podem ser chamados de forma escalonada. A fábrica conta com até 830 colaboradores diretos e os que não forem escalados continuarão em licença remunerada. Em Camaçari serão solicitados 340 trabalhadores no primeiro mês, 327 no segundo, 189 e 31 no quarto.