Automec 2021 aposta em modelo híbrido para levar conteúdo e oportunidades de negócio aos ambientes físico e digital

Um marco na retomada do aftermarket automotivo nacional. Foi assim que os porta-vozes da Reed Exhibitions se referiram à Automec 2021, na primeira entrevista coletiva de apresentação da feira – programada para ocorrer entre os dias 6 e 10 de abril do próximo ano.

Conduzida de maneira remota na manhã desta quinta-feira – 1/10, a coletiva ilustrou algumas das novas estratégias da organizadora da maior feira da reposição automotiva na América Latina que, identificando o receio de parte do público usual do evento (25% dos presentes na edição 2019 da feira afirmaram não estarem certos quanto à participação em 2021), busca oferecer oportunidades digitais de interação entre os expositores e os potenciais clientes.

Para cumprir esse objetivo, a Automec 2021 adotou um formato híbrido – adicionando ao formato físico tradicional com ações digitais adicionais, capazes de oferecer a experiência do evento para aqueles que não puderem comparecer ao São Paulo Expo, pavilhão que têm sido a casa da feira em suas últimas edições.

Dentre as ações digitais planejadas se destaca como principal novidade o ‘Automec 365’, plataforma que disponibilizará conteúdos de capacitação, certificação e treinamento nos moldes aos oferecidos na feira, bem como possibilitar a interação entre os diferentes elos do aftermarket, de maneira permanente. Os 365 dias do ano.
A expectativa sobre a efetividade do modelo híbrido, somado – claro – à confiança na habilidade da Reed Exhibitions de estabelecer protocolos garantidores da segurança sanitária do evento, tem sido muito bem recebida pelos expositores da feira.

De acordo com o diretor de portfólio da organizadora, Luiz Bellini, 95% dos 90.000 m² disponíveis no pavilhão da feira já estão comercializados para a edição do próximo ano.

Automec 2021 prepara protocolos e estruturas especiais contra a Covid-19

Mais de 200 dias nos separam do dia 6 de abril de 2021, sendo difícil – portanto – prever o estágio da pandemia da Covid-19 no Brasil e no mundo. É possível, por exemplo, que já tenhamos uma vacina ou remédios genuinamente efetivos até lá.

Nesse contexto, a Automec 2021 tem se preparado para os diferentes cenários possíveis a partir da definição de protocolos de segurança capazes de minimizar as chances de propagação do vírus nos cinco dias de realização da feira.

De acordo com a comissão organizadora, o evento contará com: obrigatoriedade de utilização de máscaras; medição de temperatura contínua dos visitantes e expositores; higienização específica de áreas comuns como banheiros e corrimãos; implementação de barreiras sanitárias que possibilitem uma interação segura nos estantes; além de uma estrutura de isolamento e atendimento médico para atender eventuais casos de contaminação presentes na feira.

A confiança da Reed Exhibitions na segurança de seus protocolos é tanta que, de acordo com o vice-presidente da organizadora – Marcelo Ribeiro, seria possível que a Automec fosse realizada com segurança já nos dias de hoje.

“É possível, inclusive, que muitas dessas medidas possam ser abrandadas à medida que o vírus se mostre controlado aqui e no exterior”, afirmou Ribeiro.