ZEN investe na automação do parque fabril com foco na Indústria 4.0

51

Nos últimos quatro anos foram cerca de R$40 milhões para modernização da fábrica em Brusque

A ZEN está se preparando para ingressar no mundo da Indústria 4.0, também chamada de Quarta Revolução Industrial, onde tudo funciona de forma conectada e integrada. Para isso, a fabricante de autopeças catarinense investiu, nos últimos quatro anos, cerca de R$ 40 milhões para a renovação do seu parque de máquinas.

A ideia é aplicar R$ 36 milhões nos próximos três anos para aprimorar os seus processos de manufatura com a compra de novos equipamentos e na interligação e comunicação dessas tecnologias. “Desde 2013, a ZEN passa por uma verdadeira transformação para encarar essa nova realidade. Na primeira etapa, que foi até 2015, nos organizamos para reduzir as instabilidades do processo produtivo. Do ano passado até agora, estamos promovendo uma verdadeira mudança no layout da fábrica”, explica o diretor industrial, Eduardo Bertolini. “Tudo irá funcionar de acordo com o fluxo de materiais e fabricação das peças. A sequência seguirá uma lógica que permitirá que a produção seja mais rápida e eficiente. Nosso plano diretor prevê que a reorganização da unidade esteja concluída até 2020”, completa.

Hoje, a empresa conta com dez robôs que podem trabalhar conectados, já preparados para serem integrados e se comunicarem. Também foram feitos investimentos em sistemas automáticos de montagem com dispositivos autônomos de identificação de falhas, que se comunicam com o cérebro da máquina, garantindo informações e estatísticas do processo. Estas tecnologias foram implantadas nos processos de conformação, usinagem e retífica e nas linhas de montagem de impulsores de partida e polias para o mercado original.

Enviar comentário