Viemar passa a oferecer garantia de 70 mil km ou 2 anos

82

A Viemar passa a oferecer 70 mil km ou 2 anos de garantia para as linhas de articulações axiais, terminais de direção e pivôs de suspensão. A medida, inédita no mercado, consolida a qualidade das linhas de suspensão e direção da empresa.

Para ter direito à Garantia 70 mil km ou 2 anos, o consumidor é obrigado a preencher o Termo de Garantia Contratual, disponível no site da Viemar (www.viemar.com.br/garantia70mil), obedecendo ao prazo de até 30 dias após a emissão da Nota Fiscal e/ou do Cupom Fiscal. Em desrespeitando esse prazo, o consumidor perde o direito à Garantia de 70 mil km ou 2 anos, mantendo-se apenas a Garantia Legal, de 90 dias.

A garantia vale para as linhas de axiais, terminais e pivôs fabricadas a partir de janeiro de 2015. Para saber se a peça adquirida pode ter garantia adicional, basta identificar na peça o lote de fabricação. Os dois últimos números do lote referem-se ao ano da fabricação. Então, se os dois últimos números forem 15, 16, 17 e assim por diante, significa que estão cobertas pela garantia 70 mil km ou 2 anos. Essas identificações estão presentes tanto na embalagem como na peça.

A nova garantia, segundo o gestor de Produtos e Negócios, José Inácio Salis, tem como objetivo beneficiar o consumidor Viemar. “Iniciamos 2017 lançando os Combos Viemar, uma forma de mostrar para a cadeia automotiva que a Viemar oferece uma solução completa para os veículos; agora, com a garantia adicional para axiais, terminais e pivôs, queremos levar ao mercado um reconhecimento já percebido pelo mercado: o da qualidade dos produtos Viemar”, afirma Salis.

Obter o direito à Garantia 70 mil km ou 2 anos  é muito fácil. O cadastro é simples, prático e pode ser feito em qualquer plataforma digital. O consumidor cria login e senha e pode cadastrar quantas peças quiser.

A campanha de divulgação da Garantia 70 mil km Viemar vem acompanhada de uma nova embalagem, com o selo de Garantia, de novo Certificado, e de uma cartilha com perguntas e respostas, buscando esclarecer o consumidor.

Enviar comentário