Representantes e sua importância na reposição de autopeças

Por Lucas Torres

A profissão de representante comercial passa por mudanças, só que não perdeu sua importância na cadeia de reposição de autopeças, fazendo o elo entre indústria, distribuidor e varejista. Confira abaixo algumas opiniões de profissionais da área.

“Vejo o representante como um braço da representada e seu serviço tem mais valor uma vez que proporciona a ela uma vantagem comercial. Entretanto, de forma mais abrangente, acredito que a atuação dos diversos representantes comerciais otimiza o mercado, o torna melhor informado e mais competitivo.”
Ernesto Tavarez, de Mato Grosso

“Somos essenciais para que esta cadeia funcione de forma correta. No caso da Ribeiro Representações – que trabalha direto com os fabricantes ou importadores -, somos nós, com o conhecimento de mercado e relacionamento com o cliente, que levamos oportunidades de negócios com alta rentabilidade para nossos distribuidores e varejos.”
Carlos Ribeiro, de Minas Gerais

“Embora algumas empresas entendam que o trabalho do representante não tenha mais tanta importância, todas essas empresas atingiram boa participação no mercado, um patamar de vendas importante e tornaram-se marcas conhecidas. Quando estavam aparecendo no mercado, utilizaram o representante para fazer todo o trabalho que é de seu ofício, porém, com o passar dos anos, de acordo com a consolidação das marcas, em alguns casos o representante passa a ser dispensado, muitas vezes frustrando a relação criada entre o cliente e a empresa. O que nos mantém trabalhando no mercado de autopeças é que ele é muito dinâmico e acabam aparecendo novos produtos, novas marcas, novas indústrias que irão depender do nosso trabalho, do nosso ofício e assim faremos com que essas novas tomem uma fatia do mercado daquelas que se acham consolidadas. Apesar de todas as inovações trazidas pelas mídias sociais, a relação humana demostra-se insubstituível, essa é a essência do nosso trabalho.”
Fernando Paim, Rio Grande do Sul

“Acredito que o representante comercial atualizado é a forma mais assertiva e consolidada na gestão de vendas do mercado de reposição, pois ele está conectado desde o aplicador, passando por varejo, distribuidor e fábrica, monitorando as empresas que se destacam e as que caem. Ele está próximo dos gestores, da equipe de vendas, monitorando os passos da concorrência dentro dos clientes, ou seja, fazendo uma gestão impecável regionalmente.”
Igor Greshner, Pernambuco

“O trabalho do representante é abrir portas para o mercado que a empresa deseja conquistar. O fato é que, apesar das tecnologias atuais, por melhores que sejam, o contato pessoal jamais será substituído, pois somente o representante comercial é capaz de desenvolver e criar laços e traçar estratégias assertivas com os prospects, parceiros e clientes para consolidar as empresas no mercado trazendo os resultados que a marca deseja alcançar.”
Francisco Garcia Gelamo, Paraná