Escola do Mecânico inaugura primeira unidade na capital paulista

212

                                                    Escola formará sete mil alunos até dezembro deste ano

Os automóveis estão cada vez mais sofisticados, mas a formação e capacitação dos profissionais do setor não caminha com a mesma velocidade. Para atender a esta demanda, a Escola do Mecânico nasceu há seis anos, pelas mãos da empresária Sandra Nalli. Apaixonada por carros e “formada” em uma loja de serviços automotivos, sentia na pele a dificuldade na hora de admitir um mecânico especializado. Montou uma pequena estrutura e iniciou dando aulas aos jovens da Fundação Casa, oferecendo uma nova perspectiva de vida.

A procura foi crescendo e o que era um sonho tornou-se realidade. A Escola do Mecânico, até dezembro deste ano, formará sete mil alunos. Hoje a escola está presente em Campinas, com quatro unidades, Ribeirão Preto, Salvador, Sumaré Jundiaí, Sorocaba e, a partir de agora, também em São Paulo com a inauguração da unidade situada na rua Alferes Magalhães, 200, a duas quadras do Metrô Santana.

“As pesquisas mostraram que o Brasil comporta 219 unidades, em 158 municípios. Mas, para que esta expansão se consolide, a escola adotou um padrão de análise do perfil do prospect franqueado, para entregar a marca e o projeto nas mãos de pessoas que possuam a mesma filosofia de valores da empresa, explica Nalli.