Consultor do Sebrae aponta 7 tendências para o varejo em 2020

Por Lucas Torres

A habilidade de antecipar tendências é primordial em um ambiente tão competitivo quanto o varejo brasileiro, sobretudo diante de um cenário de instabilidade e redução do poder de compra descrito pelos balconistas entrevistados na reportagem de capa dessa edição do Novo Varejo – não deixe de ler!

Com o objetivo de auxiliar nossos leitores no planejamento de um 2020 mais bem-sucedido do que o ano atual, convidamos os consultores do Sebrae-SP para que nos apontassem algumas das oportunidades de negócios que já se desenham para a virada do calendário e sobre as quais nossos empreendedores deverão direcionar suas atenções.

Em mais uma edição do ‘Canal Sebrae de Consultoria’, Rafael de Souza, especialista do órgão, destacou elementos que estão cada vez mais presentes no espectro do setor automotivo entre suas 7 tendências para 2020.

Entre eles, a economia compartilhada e as inovações disruptivas – representadas em nosso segmento pelo aumento do expediente do compartilhamento de veículos em suas mais diversas modalidades, bem como a necessidade de uma atenção com a economia circular, com foco na sustentabilidade ambiental. Essas são questões que ganharam destaque.

Outros pontos já presentes no setor, como um foco adicional no marketing de experiência e personalização, também foram citados. Já o franqueamento de lojas ainda é raro no aftermarket independente, embora existam, com mais frequência no segmento de reparação.

Leia a seguir a íntegra dos apontamentos do consultor de negócios do Sebrae-SP, Rafael de Souza.

O próximo ano já está batendo à nossa porta; sendo assim, é importante que você esteja atento às tendências e oportunidades de negócios para 2020.

Dentro deste contexto, separamos 7 tendências e oportunidades para que você possa faturar mais com o seu negócio atual, além de poder ainda explorar novos negócios.

  • Microfranquias: sãoopções de investimento que podem variar entre menos de R$ 1 mil e R$ 90 mil e se tornaram uma alternativa de investimento e até mesmo de ocupação para milhares de brasileiros que perderam seus empregos.
  • Inovações disruptivas: esse tipo de inovação quebra antigos paradigmas, transformam e redefinem a maneira de fazer negócios, tais como: Uber, iFood, bancos digitais, etc. Quanto mais concorrentes, maior a necessidade de inovar e se diferenciar!
  • Marketing de experiência: os consumidores buscarão cada vez mais por uma experiência de consumo diferenciada, focada na agregação de valor e na personalização em toda a jornada de compra.
  • Envelhecimento populacional: número de idosos no Brasil deve dobrar até 2042, segundo o IBGE. População acima de 60 anos representa hoje 13,5% dos brasileiros e projeções indicam que essa fatia vai saltar para 24,5% em duas décadas e meia.
  • Produtos artesanais: estão associados a demanda crescente dos clientes por algo personalizado, exclusivo e que gere identidade entre o produto e o cliente. Além de muitas vezes estarem ligados a sustentabilidade e cultura.
  • Economia colaborativa: diante de problemas sociais e ambientais que aumentam cada vez mais, a divisão precisa substituir o acúmulo. Isso impacta diretamente a forma como vivemos, o que também impacta o modelo de negócios de muitas empresas, tendo como cases de sucesso o BlaBlaCar e Airbnb.
  • Economia circular: presa pela redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia.

É importante ressaltar que é de extrema importância que você faça sua própria Pesquisa de Mercado, desta forma será possível identificar muitas outras tendências e oportunidades para fazer o seu negócio prosperar.

Antes de estar conectado com as ‘novas tendências’, porém, é indispensável que o varejista da reposição automotiva faça o ‘arroz com feijão’ muito bem feito, ou seja, cumpra as bases fundamentais de seu negócio.

Nesse sentido, o próprio Sebrae-SP, a partir de um estudo exploratório com revisões bibliográficas e entrevistas com especialistas, empresários e consumidores montou uma cartilha com os fatores fundamentais de sucesso para o mercado de autopeças destacando:

– comunicação visual e layout da loja física;

– capacitação da equipe de vendas;

– ampliação dos canais de vendas por meio de call centers e e-commerce;

– participação em estratégias conjuntas com concorrentes do mesmo segmento;

– controle do estoque ‘impecável’;

– agregar serviços como instalação de peças e acessórios à venda de produtos;

– estimular as compras eventualmente com boas ações promocionais;

– investir em propaganda e divulgação contínua de produtos;

– localização acessível, com alto fluxo de clientes e próximo de centros automotivos

FALE COM O SEBRAE

O Novo Varejo abre um canal direto entre os gestores do varejo de autopeças e os consultores do Sebrae-SP.

É sua oportunidade de obter de forma gratuita orientações da principal entidade de apoio à gestão empresarial no Brasil.

O Novo Varejo disponibiliza vários canais para receber suas dúvidas. Participe!

E-mail: [email protected]

Facebook: facebook.com/novovarejo

Instagram: instagram.com/jornalnovovarejo

Linkedin: linkedin.com/company/novovarejo

Telefone: (11) 2802-6238